PortuguêsEnglish繁體中文EspañolFrançaisItalianoفارسیDeutsch

Fazendo cidades mais sustentáveis com tecnologia máquina-a-máquina

osaka light

Este post também está disponível em: Inglês, Chinês

A tecnologia máquina-a-máquina ou M2M está rapidamente ganhando popularidade. À medida em que a comunicação digital e redes celulares evoluem, as máquinas podem agora se comunicar sem fios, sem intervenção humana. Basicamente, é a Internet das coisas e este tipo de tecnologia está tornando nossas vidas mais simples. De gestão de saúde para soluções de energia, M2M pode ser o ingrediente que faltava para tornar as cidades e comunidades mais sustentáveis ​​e prontas para o futuro.

Gerenciamento de energia através do Smart Metering

Uma das maiores prioridades agora está a gerir os nossos recursos de forma adequada, especialmente de energia. Governos, empresas e até mesmo os consumidores estão procurando diferentes maneiras de maximizar o nosso consumo de energia. Nos Estados Unidos, 58% da energia produzida é desperdiçada, e áreas residenciais comuns perdem cerca de 30% da eletricidade da rede elétrica. Ao utilizar tecnologias máquina-a-máquina, mais casas e empresas podem olhar para um futuro mais inteligente. Medidores inteligentes estão sendo adotados por algumas cidades para ajudar a reduzir o seu consumo de energia. Usando a comunicação de dados bidirecional, estes medidores enviam dados em tempo real para os prestadores de serviços. Os consumidores, por outro lado, vão se beneficiar, obtendo preços flexíveis com base na oferta em tempo real e na demanda. Fornecedores de energia podem agora determinar o horário de pico real e horários de vale, o que torna mais fácil para eles distribuirem a energia corretamente. Outro benefício é que as empresas não precisam de criar novas infra-estruturas para o medidor inteligente. Elas podem usar a tecnologia celular, que é escalável, flexível e já se encontram prontas.

Plugando em um futuro mais verde

Os veículos elétricos (EV) como o Citroen C-Zero, Ford Focus Electric, e Th! nk City estão rapidamente se tornando populares, graças a seus projetos de eficiência energética. Em comparação aos veículos tradicionais movidos a gasolina, EVs não emitem gases nocivos e seus motores são silenciosos. Com mais pessoas que escolhem essas máquinas verdes nas ruas, as cidades de amanhã precisam de estações de carga mais inteligentes. Para responder a esta necessidade, Chargemaster, uma provedora de carga sediada no Reino Unido, colaborou com a O2 para trazer a tecnologia M2M para suas estações de carregamento elétrico. Através desta tecnologia, os cartões SIM embutidos em cada ponto de carregamento permitirão aos clientes logar por meio de seus dispositivos móveis. Além de autorizar os clientes, também irá ajudá-los a encontrar a estação mais próxima e pagar através de seus telefones. O mercado de veículos elétricos representa uma enorme área de crescimento e tecnologia máquina-a-máquina pode ajudar a desenvolver mais serviços para eles.

Coleta de Resíduos e Reciclagem através da tecnologia sem fio

Como as cidades e as comunidades crescem, agestão de resíduos urbanos torna-se mais desafiadora. A reciclagem é uma das formas mais eficientes de lidar com esta preocupação. Lixeiras de reciclagem foram estrategicamente colocadas em diferentes partes da cidade para mantê-la limpa. No entanto, isso pode ser caro, custando cerca de US$ 2.000 por local anualmente. Para uma cidade com 100 recipientes de reciclagem, o que equivaleria a US$ 200.000 a menos de seu orçamento anual. Utilizando as mais recentes inovações em tecnologia, empresas como a BigBelly Solar revolucionaram a gestão de reciclagem. Juntaram sensores em cada lixeira que usa uma rede sem fio. Os dados em tempo real são então monitorizadas e os coletores de reciclagem pode ser esvaziados quando necessário. Equipes de saneamento podem agora cobrir mais terreno, o serviço pode ter mais lixeiras, e economizar tempo. Um sistema de coleta de resíduos urbanos mais inteligente é um ingrediente importante em manter uma cidade ambientalmente sustentável.

Até o ano 2020, estima-se que cerca de 2.5 bilhões de dispositivos M2M habilitados estarão em operando. Serviços digitais estão provando serem fatores cruciais na melhoria da sustentabilidade de uma cidade. Sistemas de tráfego inteligentes podem tornar as estradas mais seguras. Serviços de saúde da cidade podem ser melhorados, e os pacientes podem agora ser monitorados remotamente. O M2M pode fornecer as melhores soluções para tornar nossa vida melhor e mais eficiente.

Kyle Albert é um freelancer que tem uma paixão por tecnologia, computação móvel e gadgets que podem tornar nossa vida mais fácil. Você pode alcançá-lo em [email protected]

Imagem via Thomas Faivre-Duboz

  • Kleber E. Alvarenga

    A Imagem ficou demais… Isso tem que ser adotado por todos….

    Att,

    Kleber Alvarenga
    Consultor de Sistema ERP.