PortuguêsEnglish繁體中文EspañolFrançaisItalianoفارسیDeutsch

Rio+ você: quando o cidadão molda a cidade

riomais

Este post também está disponível em: Inglês, Chinês, Francês, Alemão

E se uma cidade pudesse ter suas prioridades e projetos criados diretamente pelos cidadãos, mas eliminando os riscos de viabilidade técnica? Mais ainda, pudessem ser escolhidos pela própria população, que decidiria sobre o impacto de cada ideia. Parece bom? Pois essa é a proposta do Rio+, uma iniciativa empresa social, Benfeitoria e da ONG Rio Eu Amo Eu Cuido.

Para quem não conhece, a Benfeitoria se destacou por ser a primeira plataforma de financiamento coletivo que não cobra nenhuma comissão pelo dinheiro arrecadado e é voltada a projetos que visem o bem comum. A Rio eu amo eu cuido é uma organização que realiza ações para a conservação urbana, desde limpeza das ruas até projetos de educação infantil. As duas instituições deram as mãos para criar um projeto transformador em larga escala.

O Rio+ é uma plataforma onde qualquer cidadão pode criar um projeto para a cidade do Rio de Janeiro, em qualquer escopo, vale a vontade de melhorar a cidade. E tem de tudo por lá, desde aplicativos de celular até planos para túneis entre zonas da cidade.

Dividido em fases o Rio+ está selecionando o maior número possível de projetos, que nem precisam de muitos detalhes para serem inscritos. Basta a ideia para já entrar na plataforma. Logo depois a Benfeitoria, juntamente com as organizações parceiras iniciarão um estudo de viabilidade, onde selecionarão as melhores ideias e vão identificar os recursos e parceiros necessários para fazer acontecer.

Logo depois os projetos passam ao júri popular, ou seja, vão pra votação online e em pontos da cidade, onde a população decide sobre o melhor projeto de cada categoria possível. Escolhidos os vencedores, a prefeitura do Rio se responsabiliza por executar cada um dos projetos e a Natura, parceira da iniciativa desde o início, adotará um projeto extra e também o implementará.

Mesmo depois de implementados, os projetos serão monitorados para que o impacto possa ser mensurado e no futuro, alguns poderão tornar-se políticas públicas e serem expandidos.

Inicialmente o Rio+ começou como uma iniciativa de âmbito civil e bem menor devido aos custos de execução, mas recentemente a Prefeitura do Rio abraçou a ideia e a transformou em uma espécie de parceria público privada, sendo incorporada aos canais oficiais participativos, expandindo a capacidade de execução e garantindo o envolvimento da administração pública na iniciativa, muito útil para a replicação da ideia e posterior expansão.

O Rio+ merece destaque por colocar em prática a filosofia da cidade participativa e engajada, um dos novos paradigmas para as cidades do futuro. O desenvolvimento social urbano deve ser dividido entre gestores e cidadãos.

Se você quer ajudar a transformar o Rio, essa é a sua chance. Basta entrar no site e cadastrar sua ideia, não precisa de nenhum conhecimento técnico ou detalhes sobre como executá-la, basta criatividade e boa vontade.

Você pode seguir o Rio+ pelo Facebook e Twitter para mais informações. Vale a pena.